Poesia de menina


Menina risonha, coração doce que voa por aí, à conquista do seu mundo, num mundo tão inconstante.

Menina de trancinhas cor de mel, mãos pequenas, rosadas, delicadas, à procura de joaninhas no jardim, em busca de flores de jasmim...

Com palavras adocicadas de ternura se esconde a dor que há no coração. Com palavras rasgadas pela angústia se ensina o mundo aos sonhadores.

You May Also Like

16 Comments

  1. Maravilhoso! E com uma mensagem subliminar fascinante *.*
    Adorei, minha querida

    r: Precisamente. Não podemos deixar que sejam os outros a ditar as nossas escolhas, não faz sentido. E se formos contra os preconceitos da sociedade, qual é o mal? Nenhum. Temos é que lutar por nós, sempre

    ResponderEliminar
  2. Que poesia bonita e com uma doçura enorme :)

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua visita :)