sábado, 28 de abril de 2018

Vozes e Guitarras

Fotografia de Dora Simões. Tu Na D'ESTES, 14 de Abril de 2018. Festa das Tunas do IPC.

Nas caves de Coimbra, ressoavam as cordas de duas guitarras, uma clássica e uma portuguesa. E ouviam-se conversas longínquas à melodia, mas que se encaixavam perfeitamente no ambiente conimbricense. Copos tiniam e vozes vibravam ao som tunante. Sapatos de traje ouviam-se a subir e a descer as ruas e os estudantes dançavam e cantavam em sintonia, em felicidade, como se fossem apenas um só!

A música, os versos e a cidade fundiram-se num sentimento carregado no peito de cada estudante, impossível de esquecer!

6 comentários:

  1. Quase senti a melodia que as cordas estavam a tocar, porque as tuas palavras transportam-nos com muita facilidade *.*
    Tão bonito, minha querida!

    Beijinho grande <3

    ResponderEliminar
  2. Agora bateu aqui uma saudade de ouvir as tunas (=

    ResponderEliminar
  3. r: É mesmo :)

    Há alturas em que as nossas prioridades têm que ser outras, faz parte!
    Beijinho grande, minha querida <3

    ResponderEliminar
  4. Que texto tão bonito! Até parece que estamos presentes nesse cenário :)

    ResponderEliminar
  5. Belíssimo texto, através de suas palavras nos transporta para este belo e mágico cenário musical!
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua visita :)